Menu

The Blogging of Steen 461

hawksoy0's blog

Mula Sem Cabeça

Programa Ciência Sem Fronteiras Terá Bolsa Pra Mestrado Profissional



Edital com 1000 vagas será lançado em novembro. O Ministério da Educação divulgou ontem (3) uma nova modalidade de bolsa do Programa Ciência sem Fronteiras, voltada para o mestrado profissional. Inicialmente, serão oferecidas vagas de mestrado profissional só em instituições nos EUA. Os cursos terão duração de um e 2 anos e são mais voltados pro mercado de trabalho.


Os focos e áreas identificados como prioritárias pro mestrado profissional são engenharias e demasiado áreas tecnológicas; computação e tecnologias da fato; tecnologia aeroespacial; petróleo, gás e carvão mineral; energia; biotecnologia; nanotecnologia e novos equipamentos. O mestrado profissional soma-se às bolsas imediatamente concedidas pelo programa, que são de graduação, tecnólogo, doutorado e pós-doutorado.



  • A necessidade de identificar e mapear os ativos intelectuais ligados à organização

  • 416 questoes de simulados

  • 11/17 (Waseem Obaidi/Bloomberg)

  • 01 de Agosto

  • Estudos de Cinema

  • Planejamento estratégico é sobre isso adaptação



  • O Ciência sem Fronteiras foi lançado em 2011 com a meta de regressar a 101 1 mil bolsas em 2014. Podes concorrer às bolsas de graduação quem fez o Enem e teve nota parecido ou superior a 600 pontos. É preciso ainda ter domínio em língua inglesa. Um Absurdo Chamado Brasil privada é responsável pelo conceder vince e seis 1 mil bolsas.


    O ministro alegou que a participação do setor no Ciência sem Fronteiras está abaixo do esperado. Mercadante não informou a quantidade de bolsas neste instante concedidas pela iniciativa privada, no entanto disse que deveriam ser em torno de doze 1 mil e o número está abaixo desse patamar. Pela avaliação dele, a nova modalidade, mais voltada para a prática profissional, pode incentivar a participação das corporações.


    De imediato a repercussão nacional aconteceu em dezembro do ano passado, no momento em que Thais publicou um texto de desabafo a respeito do caso na sua página pela mídia social Fecebook. O relato não mencionava dados do suposto assédio. “Passei dois anos espantada e coagida pelas relações de poder que perpassam as decorrências de denunciar o ocorrido”, escreveu a ex-aluna.


    Em uma reunião com a coordenação do curso, junto com outros estudantes da Liga de Pós- ProfLetras Recebe Inscrições Até Outubro , em dezembro de 2014, o caso foi levantado em meio a algumas denúncias de intimação de alunos da pós-graduação. Bolsa Integral Pra Mestrado Em Economia E Ciência Do Café Pela Itália , segundo Thais, os professores desconsideraram as acusações. Além do mais, a pesquisadora declara ter mencionado o caso durante troca de mensagens eletrônicas com a pró-reitora de pós-graduação da UFSCar, em março de 2014. Contudo, não teria recebido resposta.


    — Nunca me senti segura pra fazer a denúncia. Nunca consegui expor com o meu ex-orientador sobre o assunto. Falei com outros orientandos dele, entretanto eles nunca me encorajaram. Falavam que o que pesava era que o caso teria uma repercussão muito insatisfatório para a nossa linha de pesquisa, pro movimento negro, para a universidade.


    A pesquisadora relata ter mudado de orientador apenas no encerramento do doutorado, em 2014, sem nunca ter feito boletim de situação sobre isso os supostos capítulos de assédio nos anos anteriores. Antes disso, confessa ter sido retirada de projetos e cursos conduzidos pelo ex-orientador, ação que teria lhe causado prejuízos acadêmicos e financeiros. Em 2012, no momento em que ela atrasou a entrega de parcela da pesquisa devido à depressão, o ex-orientador aconselhou, por meio de um parecer, que o programa retirasse a bolsa de Thais alegando estagnação da busca por divisão da aluna.


Go Back

Comment

Blog Search

Comments

There are currently no blog comments.